Início Site

Salar del Huasco – day trip saindo de Iquique

0
Salar del Huasco - Deserto do Atacama

Imagina um lugar que parece que saiu de uma pintura. Imaginou? Agora imagina conhecer esse lugar durante uma day trip. Isso é o que acontece ao explorar várias regiões e cidadezinhas ao norte do Chile. O Parque Nacional Salar del Huasco, ou simplesmente Salar del Huasco, é uma opção perfeita para uma day trip partindo de Iquique. E ainda é possível combinar esse passeio com outros pontos de interesse ao longo do caminho.

O Parque Nacional Salar del Huasco fica na região de Tarapacá, uma área de paisagens áridas que são bem características do altiplano chileno. Além de toda história que envolve o povoado Aymara e a cultura pré-incaica Tiahuanaco, as belezas do lugar são um encanto à parte. É possível ver flamingos chilenos se alimentando nas águas do deserto (de sal).

Mas chega de história e vamos às dicas para essa super day trip indicada pelo nosso amigo-seguidor e agora colunista correspondente, Luciano Zago. (hahahaha)

Como Chegar no Salar del Huasco

Salar del Huasco – Deserto do Atacama

De carro – Saindo de Iquique, cidade no litoral norte do Chile, são cerca de 160 km até o Salar del Huasco. Em horas, cerca de 2h30 o trajeto de ida, sendo 1h40 de asfalto e 40 minutos de estrada de chão, que por sinal são muito melhores que muitas estradas de asfalto do Brasil. Portanto, não é necessário ter carro 4×4 e nem se preocupar se o carro é alto ou baixo.

Para alugar carro na região consulte os preços do nosso parceiro

Usando um chip do Chile (empresa Intel), o Luciano não teve problema nenhum com o GPS ao longo do caminho e disse, inclusive, que a internet estava pegando super bem, sendo possível até usar o whastapp sem estresse. O aplicativo que ele usou foi o Waze. Não temos informações sobre o funcionamento dos chips de outras operadoras.

Em termos de custos para ir de carro, Luciano gastou meio tanque de gasolina para ir e voltar (cerca de 23.000 pesos chilenos – cerca de 120 reais) além dos pedágios (3.200 pesos chilenos = cerca de 10 reais). Total de R$ 130,00 de deslocamento. Barato demais!

De passeio guiado – Se você não quer dirigir e prefere um tour guiado não tem problema. Existem várias empresas, em Iquique, que oferecem esse e outros passeios. Nossa dica é ir conhecer o famoso Paseo Baquedano (rua de pedestres – ponto turístico de Iquique) e pesquisar pelas diversas empresas de tour que existem por lá.

Salar del Huasco e cuidados com a altitude

Independentemente de como você vai, aproveite esse caminho para contemplar o visual que é bem bonito e diferente. Afinal, para chegar no Salar del Huasco é preciso atravessar o deserto do Atacama, passando por vários pontos de minérios, também característico da região (o caminho passa, inclusive, pela famosa cidade abandonada de Humbestone).

Um ponto a ficar atento é a mudança brusca de altitude. Isso porque o Salar del Huasco fica a 4.300 m acima do nível do mar, ou seja, em duas horas e meia vc sai de uma altitude de zero para 4300m. Então vale levar comida e bebida que ajudam o organismo nessas horas, como suco de limão e banana. Ahhh, e não esqueça: o sol é forte e, mesmo com temperatura mais fria, vale levar um protetor solar, chapéu e todos os apetrechos para sua proteção.

Salar del Huasco – Deserto do Atacama

O que fazer no Salar del Huasco

O Salar del Huasco é aquele típico lugar que nos mostra as maravilhas da natureza. Aproveite o tempo na região para contemplar o lugar, admirar a beleza e, claro, tirar muitas fotinhos para guardar de recordação. Em tempos de instagram, pode ser um bom cenário para um ensaio fotográfico.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos!

Beijos!

Walking Tour em São Paulo: conhecendo o Centro da Cidade

0
Credito: @spdagaroa
Credito: @spdagaroa

Todo último domingo de cada mês, o Shopping Light, em parceria com a Secretaria de Turismo da cidade, realiza um walking tour pelo centro histórico da capital paulista. É uma ótima chance de conhecer um pouco mais a terra da garoa e aprender que São Paulo vai muito além das reuniões de negócios.

O mais incrível é que, agora, o passeio inclui a visitação exclusiva ao Theatro Municipal! Imagina visitar esse ícone e conhecer a história desse lugar e suas curiosidades de forma única? Impossível ficar de fora, né?

Dentre os locais que são visitados no centro de São Paulo, destaca-se Viaduto do Chá, Vale do Anhangabaú, Prefeitura de São Paulo, Edifício Martinelli, Edifício Altino Arantes, Rua 15 de Novembro, Bolsa de Valores, Mosteiro de São Bento, Biblioteca Municipal, Largo da Memória, o Theatro Municipal, já citado, entre outros. Para finalizar, o rooftop do Shopping Light com sua linda vista para o Vale do Anhangabaú.

Como participar

Todo o passeio dura cerca de 2h30, começando às 10h. Apesar de ser gratuito, eles pedem uma doação de 1 kg de alimento não perecível que será doado para uma instituição de caridade.

Para participar, bastar fazer inscrição através do email recepcao.light@gazitbrasil.com  ou através do (11) 3154-2299.

O ponto de encontro é na Rua Martins Fontes, 71 – Centro – São Paulo/SP, no Novotel Jaraguá (5 minutos a pé do Shopping Light). Recomendamos chegar 15 minutos antes ao local. Mais informações no site www.shoppinglight.com.br.

Quem aqui ficou com vontade? Esse domingo, dia 26 de maio (2019) vai ter e estarei lá!!!

Espero voces.

ahhh: não posso terminar de escrever esse post sem agradecer as fotos cedidas pelo SP Da Garoa, esse portal incrível e super completo sobre São Paulo.

Roteiro de 3 dias em Machu Picchu

0
As ruínas incríveis de Macchu Pichu
As ruínas incríveis de Macchu Pichu

Visitei Machu Picchu há alguns anos atrás mas tenho certeza que as dicas são válidas até hoje. Além disso, esse post é para inspirá-los ainda mais a conhecer esse destino e contar um pouco da experiência que eu tive. Vamos nessa?

Muitas pessoas fazem bate e volta saindo de Cusco. Eu preferi ficar hospedada na cidade de Águas Calientes e foi a melhor coisa que eu fiz! Águas Calientes é uma pequena cidade localizada em um vale do distrito de Cusco, Peru.

Super pequena e linda demais, essa cidadezinha também é conhecida como Machu Picchu Pueblo (povoado de Machu Picchu) e está localizada às margens do Rio Urubamba. Ela é a porta de entrada para que deseja visitar as famosas ruínas.

Como chegar em Águas Calientes

  • Avião do Brasil a Lima;
  • Avião de Lima a Cusco;
  • Ônibus, táxi ou trânsfer de Cusco a Poroy, Urubamba ou Ollantaytambo;
  • Trem de Poroy, Urubamba ou Ollantaytambo para Aguas Calientes.
  • Ônibus a Machu Picchu.

Eu estava em Lima, capital do Peru, e peguei um voo até Cusco. Ainda durante o voo, conversei com alguns locais que me deram dicas preciosas e que mês ajudaram a não cair nos golpes que são aplicados aos turistas.

VEJA AQUI O PREÇOS DOS VOOS E A ÉPOCA COM AS MELHORES TARIFAS

Para se ter uma ideia, eu queria ir até um ponto de van (usados por locais apenas) para seguir até Ollantaytambo. Segundo as informações que tive, é que o taxi custaria cerca de 6 Soles (moeda local). Quando perguntei ao taxista da porta do aeroporto, o mesmo me disse que ia me cobrar 60 Soles!!!!!! Choquei! Na mesma hora, expliquei minha situação para uma senhora que havia desembarcado também e a mesma conversou com o motorista e o mesmo me fez o preço de 6 Soles. É mole???  Atenção que esses valores NÃO são atuais mas contei essa história apenas para alerta-los do super faturamento quando se trata de turista.

Pois bem, cheguei até o ponto da Van e conversei com o motorista que me cobrou 10 Soles (preços NÃO atualizados) e me disse que a viagem duraria entre uma hora e meia e duas horas. Beleza! Aceitei e segui viagem. J

A Van me deixou na pracinha de Ollantaytambo e de lá caminhei até a estação de trem para comprar o ticket que me levaria até Águas Calientes. Como não sou boba nem nada, aproveitei para conhecer um pouco desse vilarejo foféerimo!

Ollantaytambo (ou apenas Ollanta, para os íntimos hahahaha) é aquele típico lugar que parece que parou no tempo. Muitos locais com vestimentas típicas, principalmente os mais idosos, uma praça com todo o comércio em volta. Fiz um lanche, contemplei a paisagem e fui comprar meu ticket do trem. Vale ressaltar que em Ollanta também existem diversas ruínas e muita história, mas, infelizmente, não tive tempo de usufruir dessa parte turística do vilarejo.

Aproveite bem a viagem de trem pois é um espetáculo à parte! Todo o trajeto pelo Vale Sagrado é cercado de paisagens exuberantes. Rios, vegetação e a Cordilheira dos Andes não deixarão você dormir em nenhum momento. Prepare para muitas fotos e vídeos! J

Depois de um voo, um transfer e um trem, cheguei em Águas Calientes no início da noite!

Onde se hospedar em Águas Calientes

Eu não tinha feito nenhuma reserva mas por sorte, consegui um quarto em uma hospedaria local. Super simples mas com quarto amplo. Sugiro efetuar reserva antes para que possam escolher o melhor lugar de acordo com sua preferência. Águas Calientes é um vilarejo pequeno mas com ladeiras! Qualquer lugar que você escolha, estará bem localizado. Apenas indico que evite ficar em local que você tenha acesso por ladeiras pois, depois de um dia em Machu Picchu, você não querer subir nem mais um degrau hahaha.

VEJA AQUI DIVERSAS OPÇÕES DE HOSPEDAGEM

Já em Águas Calientes

Depois em instalar, fui explorar a cidade e garantir logo o meu ônibus até a entrada de Machu Picchu. O guichê que vende o ônibus fica perto de tudo. Basta perguntar para qualquer um e ir lá garantir o seu. Evite deixar para comprar na hora que for subir para a visitação pois a fila pode estar grande ou até mesmo as passagens esgotadas. Afinal, existe um número máximo de visitação por dia!

Ônibus comprado, agora é hora de curtir um pouco Águas Calientes. Por se tratar de um local super turístico, a movimentação é grande nas ruas. Super pequena e uma graça de lugar, já é possível sentir a energia que te espera! Atenção à arquitetura do lugar pois tem muitas casinhas e estabelecimentos que mantém a cultura acesa.

Passeie, ande por todos os lugares… não é uma cidade cara e você encontra lugares bem legais com preços acessíveis para comer.

Na praça central, é possível ver a troca das armas. Não esqueça de perguntar a hora pois é bem legal de se ver.

Machu Picchu

Primeira dica importante: já saia de casa com seu ticket de visitante garantido! Como já citei antes, os ingressos são limitados a 2.500 visitantes por dia. Sugiro comprar os tickets em sites confiáveis. Eu sugiro ou Get Your Guide ou até mesmo o site oficial: www.peruways.com .

Existem 4 tipos de ingressos. Por isso, pesquise bem o que quer fazer durante seu passeio para não ter frustrações depois. São eles:

  • Machu Picchu + Huayna Picchu (também chamada de Wayna Picchu)
  • Machu Picchu + Montanha
  • Machu Picchu + Museu
  • Somente Machu Picchu

Além disso, os tíquetes são vendidos por período, ou seja, você compra para visitar de manhã (6h – 12h) ou a tarde (12h as 17h30).

Eu comprei o ticket de Machu Picchu + Huayna Picchu na parte da manhã. Queria chegar bem cedo para pegar o lugar quase vazio e ainda fazer a trilha para Huayna Picchu/ Wayna Picchu para ter aquela famosa vista das ruínas de cima! Chegar cedo foi a melhor opção que fiz pois entrei no parque e consegui andar e tirar fotos sem aquela multidão!

Assim que entramos em Machu Picchu, fomos direto procurar a entrada da trilha. Vale ressaltar, também o acesso à trilha de Huayna Picchu e da montanha é controlado e tem 2 horários de entrada: 7h – 8h e das 10h – 11h. Tudo é super bem sinalizado e existem vários funcionários do parque estrategicamente posicionados para dar informação.

Em busca da entrada da trilha para Wayna Pichu
Em busca da entrada da trilha para Wayna Pichu

A trilha para Huayna Picchu/ Wayna Picchu, achei bem achei bem pesada, e até mesmo perigosa mas valeu a pena a aventura!!! Você passa um guichê onde vc assina seu nome, o seu país e a hora que você está subindo. O mesmo você vai fazer quando voltar. Desta forma, eles ficam sabendo que todos voltaram sãos e salvos. Hahaha

Alguns momentos achei bem perigoso pois o caminho da trilha beira um abismo. Em diversas partes, cabos de aços foram instalados para auxiliar os aventureiros. Pensei em desistir várias vezes mas em uma delas vi um senhor de idade fazendo a trilha. Pensei: “se ele pode eu posso”, “cheguei até aqui e não vou desistir”, e assim fui seguindo minha aventura. Ao chegar lá em cima e ver aquelas ruinas pequenininhas aos meus pés foi um misto de sentimento: vitória (por ter conseguido ir até o fim da trilha) e gratidão (por ter a oportunidade de presenciar aquilo tudo).

Fiquei alguns minutos lá em cima contemplando aquilo tudo e resolvi descer. Afinal, toda a trilha é “mão dupla” e em vários momentos da descida você esbarra com pessoas subindo. Acredite, isso faz com que a sua descida seja mais demorada do que o normal. Além disso, o platô onde se tem a famosa vista de Machu Picchu não é grande e é preciso dar lugar para aqueles que estão chegando.

No topo de Wayna Pichu a vista de Macchu Pichu é incrível!
No topo de Wayna Pichu a vista de Macchu Pichu é incrível!

Quando voltei da trilha estava totalmente exausta e de perna bamba hahaha mas ainda guardei gás para curtir as ruínas e saber um pouco mais sobre o povoado que lá viveu. Uma coisa posso garantir: que energia incrível! Que viagem irada!

Depois de explorar bastante cada cantinho e a história de cada um deles, voltei para Águas Calientes e curti o vilarejo. Após uma bela noite de sono, segui viagem de volta deixando aquele sentimento de sonho realizado tomar conta de mim!

Um pouco de história e curiosidades

Nada como conhecer um lugar e saber o que ele é, foi e representa, né? Machu Picchu também é conhecida como a Cidade Perdida dos Incas e hoje é a principal atração turística do Peru. Ela foi descoberta pelo arqueólogo Hiram Bingham em 1911. Claro que muito desse legado Inca se deteriorou com o tempo mas anda sim a história é fascinante e ver esse lugar de perto é de arrepiar.

  • Governado por um imperador que se chamava Sapa Inca, o império Inca foi o maior império americano do século 13, com uma população estimada de 3 a 12 milhões de pessoas;
  • Machu Pichhu foi construída por volta do século 15. Existem muitas teorias, não comprovadas oficialmente, sobre o motivo da construção. Há que diz que o imperador construiu o local como sendo seu retiro real. Alguns historiadores acreditam que a localização de Machu Picchu foi construída em um local sagrado e por seria um estado espiritual e oficial dos Incas;
  • Ainda no século 15, os espanhóis teriam enviado tropas para acabar com a população Inca e saquear suas riquezas, mas Machu Picchu não foi encontrada – daí o fato de ser considerado a “Cidade Perdida”;
  • Machu Picchu teria se mantido escondida por cerca de 200 anos, até que os Incas abandonaram a cidade menos de um século depois de sua construção;
  • Hoje, é possível visitar apenas 30% do que já foi Machu Picchu.
  • Os Incas escolheram essa montanha para construir sua cidade sagrada porque ali vivia um povo considerado sagrado e porque a região era perfeita para estudos astronômicos;
  • A cidade de Machu Picchu foi construída toda de pedra pois os Incas achavam que as pedras possuíam energia especiais;
  • Machu Pichu significa “Velho Pico/ montanha” e Wayna Picchu “Novo Pico/ Montanha”;
  • Machu Picchu é considerada uma das maravilhas do mundo.

Fonte sobre a história: informações obtidas durante a viagem; sites como: megacurioso.com.br; Wikipedia; www.sohistoria.com.br.

Parque Lage – programa gratuito no Rio!

1
Fachada do imponente palacete do Parque Lage

O Rio de Janeiro é muito mais que praias lindas. Tem vários programas diferentes que ainda são pouco explorados pelos turistas e cariocas. Vamos falar hoje do Parque Lage? Aliás, você sabe o que é o Parque Lage? Ele é muito mais do que a tradicional foto da fachada e o café da manhã concorridíssimo de lá.

O Parque tem muita história que a maioria desconhece. Foi um antigo Engenho de Açúcar da época colonial. O Engenho Del Rey, como era chamado, pertencia a Antonio Salema, até então governador do Rio de Janeiro. Isso lá pelo século XVI. Hoje, é um parque aberto ao público, gratuito, com muitas atividades, uma agenda cultural repleta de atividades e uma escola de artes.
Isso mesmo, a visitação é gratuita e é uma delícia se perder pelos jardins, contemplar a natureza e a paz que o lugar emana. Além, claro, do famoso café da manhã do Plage Café. Mas lembre-se de fazer reserva pois o lugar está sempre LOTADO e não tem atendimento de balcão!

Parque Lage - Rio de Janeiro (4)

Além disso, é de lá que se tem início para a trilha do Corcovado. Por motivos de segurança, a trilha ficou fechada por um período, mas já está aberta ao público e com muitas sinalizações e ponto de apoio. Eu ainda não fiz essa trilha, mas amigos me contaram que ela é nível 3, ou seja, com um certo grau de dificuldade. Então já sabe: se for fazer a trilha, prepare-se! Com certeza todo esforço será recompensado com a bela vista da cidade do Rio de Janeiro lá de cima. Ahh, estima-se umas duas horas para fazer a trilha. Não esqueçam sua água!

Outra coisa que é bem interessante de fazer no local é picnic. Sim! Lá é permitido!!! Também é gratuito e não há reserva para isso. Quem chegar primeiro, garante o lugar! Mas tem que ter atenção às regras:

  • Fazer picnic somente nos lugares permitidos no parque;
  • Não pode ter nenhuma sonorização que atrapalhe a vida animal ou os vizinhos;
  • Também não é permitido pendurar enfeites em nenhum lugar. Nem mesmo em troncos de árvores. Isso porque existem muitos bichinhos que vivem ali e isso pode danificar ou prejudicar tanto a natureza quanto à vida animal.
  • Recolha todos os seus lixos e mantenha o lugar limpo.

Andando pelos caminhos dos jardins do Parque Lage
Andando pelos caminhos dos jardins do Parque Lage

VISITA GUIADA

Um novo projeto lançado pela coordenadora Kátia Rosendo, do Parque Lage, é a visita guiada. O custo é de R$30,00 por pessoa. Eu fiz e valeu super a pena pois pude conhecer muito mais sobre o parque e suas histórias. Mas isso conto daqui a pouco.

O mais interessante é que eles estão abertos a fazer visitação guiada personalizada. Por isso, as visitas nunca são iguais. Até já fizeram uma prá lá de romântica onde um homem quis pedir a namorada em casamento! Imagina que fofo!! Mas se você tem interesse por arte, paisagismo, ou qualquer outra coisa, é só organizar seu grupo e falar com a Katia. Afinal, visita guiada personalizada é muito melhor né!?

O QUE SE VER DENTRO DO PARQUE LAGE

Passeando pelos jardins, você irá se deparar com várias construções e espaços que foram mantidos desde a época do engenho. Vou citar aqui algumas que me chamaram atenção.

  • O lago e as pontes

Em uma das pontes lindas dos jardins do Parque Lage
Em uma das pontes lindas dos jardins do Parque Lage

E os lagos lindos do Parque Lage, hein?
E os lagos lindos do Parque Lage, hein?

  • Caverna artificial – Gruta – até estalactite eles fizeram!

Entrada da gruta do Parque Lage.
Entrada da gruta do Parque Lage.

Estalactite de mentirinha! Dentro da gruta do Parque Lage.
Estalactite de mentirinha! Dentro da gruta do Parque Lage.

  • O Coreto

Coreto! ahhh como adoro!! Também um cantinho especial no Parque Lage
Coreto! ahhh como adoro!! Também um cantinho especial no Parque Lage

  • O aquário – são 12 tanques com diversas espécies de peixes de rios brasileiros

O aquário do Parque Lage atrai crianças e adultos!
O aquário do Parque Lage atrai crianças e adultos!

Uma das entradas do aquário do Parque Lage
Uma das entradas do aquário do Parque Lage

  • A torre

A torre e a ponte. Construções belíssimas do Parque Lage.
A torre e a ponte. Construções belíssimas do Parque Lage.

A linda torre construída nos jardins do Parque Lage.
A linda torre construída nos jardins do Parque Lage.

  • Lavanderia dos escravos – ainda conservado da época do engenho. Como o próprio nome diz, era ali que os escravos lavavam as roupas com água vinda da lagoa.

Atrás dessa mureta fica a lavanderia dos escravos!
Atrás dessa mureta fica a lavanderia dos escravos!

Lavanderia dos escravos - conservado ainda da época do engenho - Parque Lage
Lavanderia dos escravos – conservado ainda da época do engenho – Parque Lage

CURIOSIDADES E HISTÓRIA

O Parque Lage fica na maior floresta urbana do mundo. Inicialmente chamado de Engenho Del Rey, era um engenho de açúcar que margeada a lagoa (atual Lagoa Rodrigo de Freitas). Por volta de 1660, passou a pertencer à família Rodrigo de Freitas Mello, que deu nome a lagoa Rodrigo de Freitas. No entanto, somente no século XIX, um nobre inglês compra parte das terras e constrói um jardim de estilo romântico, inspirado quintas europeias. Em 1859, uma parte da fazenda passa a ser de Antonio Martins Lage. Mas foi em 1920 que o neto de Antonio, Henrique Lage, compra a propriedade e sim, começa a história fofa que gostaria de compartilhar com vocês: Ele se apaixonou por uma italiana cantora lírica e construiu o palácio para ela! Sim, a casa onde tiramos fotos incríveis hoje, é toda projetada para que a amada pudesse cantar e ter uma acústica perfeita!
Gente, só fiquei sabendo disso porque a guia da nossa visita guiada falou e despertou meu interesse. Mas a história do lugar está toda no site deles!!!

INFORMAÇÕES

É ou não é uma ótima dica de passeio para se fazer com namorado, marido, filhos ou amigos?? Enfim, um programa gratuito para toda a família!

  • O Parque Lage está aberto de domingo a domingo das 8h às 17h. Nos horários de verão, ele fecha às 18h!
  • No site http://eavparquelage.rj.gov.br/ você tem mais informações sobre a história do local assim como sobre os cursos e agenda cultural do Parque.
  • Para agendar sua visita guiada, enviar email para visitas.eavparquelage@gmail.com
  • O local não possui estacionamento privativo!

Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Cape Town (Cidade do Cabo): roteiro de 3 dias

0

Quando se fala em viagem para a África do Sul, logo se pensa em Cape Town. E sabe por quê? Porque ela é uma das cidades mais lindas do mundo! Assim como o Rio de Janeiro, Cape Town tem uma grande riqueza natural, com um relevo lindíssimo, praias de águas claras (e geladas!), assim como sua cultura e história. Passei 3 dias inteiros na cidade e confesso que foi muito pouco! Saí de lá com uma vontade imensa de voltar e explorar mais ainda esse cantinho do nosso mundão.

A viagem toda começou por Johanesburgo, passou por um safári e finalizou nessa cidade que amei tanto conhecer: Cape Town. Mas assim como eu, sei que muitos viajantes nem sempre possuem tanto tempo disponível para passar em um determinado lugar quando se está viajando. Afinal, além das férias, qualquer feriadão é motivo para viajar, não é mesmo? Então, resolvi escrever sobre o que eu fiz em apenas 3 dias inteiros em Cape Town e mostrar que, mesmo com pouco tempo, podemos sim curtir e conhecer um local. Vamos nessa?

Antes de começar meu roteiro, gostaria de dar algumas informações importantes para que você organize seu roteiro para lá:

  • A Cidade do Cabo faz parte do Município metropolitano da Cidade do Cabo, na província do Cabo Ocidental, na África do Sul. É a capital legislativa do país, onde o Parlamento Nacional e muitos escritórios do governo estão localizados* (*fonte: Wikipédia);
  • A cidade é muito bem organizada e com muitos atrativos turísticos;
  • O transporte público é precário e raramente usado por turistas;
  • O motorista dirige do lado direito;
  • O fuso horário é de +5 horas (tomando como referência o horário de Brasília – fora do horário de verão);
  • O Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo (CPT) é o segundo mais importante da África do Sul;
  • Saindo do Brasil, a forma mais em conta de chegar até à cidade é via Johanesburgo (companhia aérea mais popular do país é a South África Airlines);
  • A moeda da África do Sul é o RAND (1 dólar americano é o equivalente a 13,70 Rands – estimativa pois o câmbio varia)

DICAS PARA NÃO PASSAR PERRENGUE E APROVEITAR AO MÁXIMO O SEUS DIAS

Esquematize seus três dias da forma como você achar melhor de acordo com os seus interesses. Eu procurei fazer os principais pontos turísticos pois, além de ter muito pouco tempo, era o que eu estava louca para conhecer. Se você tiver mais tempo, converse com pessoas locais pois elas são as melhores para dar dicas que fogem à rota turística. Além disso, tente conhecer uma vinícola. Os vinhos da África do Sul são famosos e deliciosos. Eu não tive tempo de fazer nessa viagem, mas não tirei esse passeio da minha Wish List. Ainda volto pra lá!

Para facilitar a locomoção e ganhar tempo e autonomia, eu aluguei um carro. Como disse no início desse post, lá a mão é inglesa e os motoristas dirigem do lado direito do carro. No início é estranho: você quer ligar a seta e acaba ligando o limpador de para-brisa, fazer curvas (principalmente em rotatória) é esquisito, mas vai por mim, não é nenhum mistério e você se acostuma fácil! Opte por carro automático pois assim você não precisa passar a marcha. Acredite: passar a marcha com a mão esquerda seria uma missão o tanto difícil! Depois de umas duas horinhas dirigindo – e fazendo pequenas besteirinhas, não vou negar, você se acostuma! Difícil é acertar a porta que o motorista precisa abrir para entrar no carro hahahaha.

Outra dica importante é estar sempre conectado. Isso porque com um chip internacional você consegue usar aplicativos de GPS, procurar dicas, fazer reservas em restaurante e comprar atrações antecipadamente, caso queira. Como eu estava usando o chip de internet internacional, estive conectada o tempo todo e pude usar o gps do celular para ir a qualquer lugar. Foi super fácil e não me perdi nenhuma vez!  😉

Outra coisa que me preocupei foi em fazer um seguro viagem. Afinal, nunca sabemos quando iremos precisar né. Eu não viajo sem de jeito nenhum até porque já tive que usar algumas vezes: seja por motivos médicos ou até mesmo por bagagem extraviada e atraso excessivo de voo.

Dia 1

Chegamos a noite em Cape Town. Nesse dia, ficamos hospedadas no hotel 91 Loop, bem no centro da cidade. (Para saber mais das hospedagens, leia o post que publiquei sobre isso!). Por isso, fomos logo conhecer a Long Street, famosa rua de bares e restaurantes da região. É super movimentada e ótima dica para os turistas. Nos recomendaram ir no BeerHouse e foi ótimo! Lugar agradável para quem quer comer um hambúrguer gourmet e experimentar os diversos tipos de cerveja do local. Recomendo também!

Cape Town - Beerhouse - Long Street

Dia 2

Deixamos o segundo dia para conhecer a Table Mountain, Camps Bay, Green Point, Bo-Kaap e o Green Market. Antes de ir para a nossa primeira parada paramos para apreciar uma vista incrível da cidade. Isso mesmo, indo para a Table Mountain, achamos um mirante com uma vista linda da Lion’s Head – outra montanha famosa da Cidade do Cabo.

Lion's Head - Cape Town

  • Table Mountain, ou Montanha de Mesa, é o ponto alto de todo turista que visita a Cidade do Cabo. É sempre importante ficar de olho no site deles para saber se está aberto ou não. Isso porque o vento é tão forte lá em cima (e a neblina também) que muitas vezes o local está fechado para visitação. Isso mesmo, as condições climáticas podem alterar seu roteiro!

Nós tivemos sorte! O dia estava incrível para visitar esse ponto turístico. Deixamos o nosso carro lá no estacionamento do local e fomos comprar nosso ticket para subir de bondinho. Quem quiser comprar antecipado, pode usar o nosso afiliado Get Your Guide (que inclusive vende passeios para lá acompanhados de ônibus Hop on hop off e muito mais).

Bondinho Table Mountain

Os tickets do bondinho custam entre 80 e 330 Rands. O valor vai depender da idade, e se vai querer subida e descida (round trip) ou somente um trecho. Isso porque os mais aventureiros optam por fazer a trilha! Seja subindo ou descendo… O que não foi o meu caso. Não por não gostar (eu adoro trilhas!), mas porque eu tinha pouco tempo para conhecer muita coisa.

Uma panorâmica desse lugar maravilhoso
Uma panorâmica desse lugar maravilhoso

Perdendo o folêgo... Table Mountain é incrível!
Perdendo o folêgo… Table Mountain é incrível!

Passeando pela Table Mountain
Passeando pela Table Mountain

Uma das vistas lindas lá de cima da Table Mountain - principal ponto turístico da Cidade do Cabo
Uma das vistas lindas lá de cima da Table Mountain – principal ponto turístico da Cidade do Cabo

  • Camps Bay foi o próximo ponto de parada do dia. Como disse, estava de carro e saímos da Table Mountain direto para lá! Aliás, lá de cima eu já tem uma vista incrível da Camps Bay! Como já era quase hora do almoço, estacionamos o carro na região de Camps Bay (tem vários estacionamentos pagos ao longo da orla) e fomos procurar um restaurante com vista para comer. São várias opções mas escolhemos experimentar o Paranga. Anotem essa dica aí! Custo benefício maravilhoso, localização excelente e de frente para a praia! O que mais quero dessa vida gente?!

Restaurante Paranga - Camps Bay - Cape TownDepois do almoço, aproveitamos para andar um pouco pela orla e ver a temperatura da água. Óbvio que ela estava congelante mas tinha um monte de gente dentro d’água! O azul do mar é hipnotizante e ver a Table Mountain debaixo é igualmente incrível.

Camps Bay - Cape Town-001

Camps Bay - Table Mountain ao fundo - Cape Town Camps Bay - Cape Town

Hora de seguir para o próximo ponto de interesse.

  • Green Point. É nessa região que fica o estádio palco da copa do mundo de 2010! Isso mesmo, aquele onde Shakira cantava WakaWaka para o mundo todo. Apesar de não acompanhar tanto futebol, visitar estádios é sempre uma das coisas que tento não deixar de fazer quando viajo.

Infelizmente, ele estava fechado para visitação no dia que fomos pois ia ter uma partida de futebol mais a noite, mas mesmo assim, ficamos observando a fachada e sua estrutura gigantesca! Esse gigante, construído em 2009, tem capacidade para 68.000 pessoas.

Green Point - estádio Cape Town

  • Bo-Kaap. Já que nossa visitação estádio não foi um grande sucesso (hahahaha) fomos para Bo-Kaap. Trata-se de um bairro de muçulmanos famoso pelas casinhas coloridas. É super tranquilo ir até lá! Confesso que não achei grande coisa assim mas pelo menos conheci. Caso você tenha pouco tempo e prefira conhecer outra coisa, esse é um lugar que acredito ser dispensável no roteiro.

Bo-Kaap - Cape Town

  • Green Market foi onde finalizamos o nosso dia. Essa feira ao ar livre é ótima para comprar artesanatos e lembrancinhas de viagem. Apesar de ser bem turístico, os valores não são altos e sempre vale aquela pechincha né!? Apenas como curiosidade, comprei lenço de pescoço, álbum de foto e um quadro de madeira lindo.

Green Market - Cape Town (1)

 Dia 3

Nada de descansar! Acordamos cedo e tomamos um belo café da manhã. Se você leu o post sobre nossas hospedagens, viu que nós já estamos no Cape Grace Hotel & Spa, um 5 estrelas maravilhoso em Cape Town.

Além do Jardim Botânico, exploramos a região do hotel (V&A Waterfront) e fomos até a Robben Island!

  • Kirstenbosch Garden é o nome do jardim botânico de Cape Town. Um local calmo, bonito e ideal para quem quer descansar em meio à natureza. Gostei muito de conhecer, mas não fiquei muito tempo por lá não.

Kirstenbosch Garden - Cape Town (1) 

  • V&A Waterfront voltando para a região do hotel, fomos explorar essa área, que além de turística, é uma das mais nobres da cidade. Tem muito o que fazer em Waterfront. Ficamos andando, andando sem rumo, vendo tudo que o lugar tinha a nos oferecer. Pontos de interesse: shopping, bares, restaurantes, aquário, marina e a Nobel Square (praça com a estátua dos 4 sul-africanos que ganharam o prêmio Nobel da paz: Albert Luthuli, Desmond Tutu, FW de Klerk e Nelson Mandela).

Vista da marina e do shopping ao fundo.
Vista da marina e do shopping ao fundo.

Por aí...
Por aí…

Explorando o mercado de Waterfront
Explorando o mercado de Waterfront

Nobel Square e a estátua dos 4 que receberam o prêmio.
Nobel Square e a estátua dos 4 que receberam o prêmio.

Ficamos batendo perna  por lá até a hora de sair nosso passeio para a Robben Island. Isso porque é de lá que saem os barcos para a famosa ilha da cidade.

Robben Island - Cape Town (6)

O que mais me atraia em conhecer esse lugar é o fator história. Foi lá que o líder político Nelson Mandela passou grande parte da vida preso. O tour é bem legal! Pegamos o ferryboat ali mesmo em Waterfront – no Nelson Mandela Gateway. A travessia tem duração média de 30 minutos e é um ótimo momento para apreciar Cape Town (e a Table Mountain) por outro ângulo.

De lá, o tour começa com uma parte de ônibus por toda a ilha, onde se conhece a casa do cara que tomava conta do complexo, a igreja, delegacia, templo muçulmano, dentre outros lugares super interessantes.

Robben Island - Cape Town (1)1 Robben Island - Cape Town (5) Robben Island - Cape Town (13)E tem um cantinho lindo para tirar foto!! Olha só!

Robben Island - Cape Town (4)

 Depois do tour de ônibus, seguimos a pé para conhecer o interior do presidio. Toda a visita é guiada. Não é um passeio barato mas para quem gosta de história é imperdível! Afinal, como não se emocionar com a vida desse guerreiro que foi Nelson Mandela, não é mesmo.

Robben Island - Cape Town (3) Robben Island - Cape Town (2) Robben Island - Cape Town (1) Robben Island - Cape Town (1)

Todo o passeio dura cerca de 3 horas e meia, incluindo ida e volta do Ferryboat. Também, em média, custa uns U$ 50,00 por pessoa.

Um pouco de história e curiosidades:

  • Nelson Mandela ficou preso nessa ilha entre 1964 e 1982;
  • A ilha já foi de tudo um pouco: colônia de leprosos, base de treinamento de defesa e colônia de leprosos;
  • Hoje, a Robben Island é Patrimônio Mundial da UNESCO;
  • Em Robben Island, os prisioneiros negros tinham alimentação inferior aos demais;

A noite, curtimos a animada V&A Waterfront.

Um dos vários bares super animados da região
Um dos vários bares super animados da região

Na varanda do shopping é possível ter essa linda vista da roda gigante
Na varanda do shopping é possível ter essa linda vista da roda gigante

Dia 4

No quarto dia, terceiro dia inteiro na Cidade do Cabo, fomos conhecer a Boulders Beach e o Cape Point. De quebra, dirigi pela charmosíssima Chapman’s Peak Drive e voltei à Long Street para me despedir.

  • Boulders Beach é a famosa praia dos pinguins africanos! A colônia de pinguins é composta por cerca de 2.000 bichinhos lindos eu estão ameaçados de extinção! Eles chegaram nessa região por volta dos anos 80. Essa praia é composta por 3 pequenas enseadas e fica localizada na Baía Falsa, leste da cidade. Uma curiosidade interessante é que a Boulders Beach faz parte do Parque Nacional da Montanha da Mesa, ou seja, do Table Mountain National Park.

O mais legal disso tudo, é que o local está todo preparado para a visitação turística. E sim! Tem que pagar para entrar nessa área! O custo é de cerca de U$ 20,00 mas achei que valeu a pena só por ver toda aquela colônia de pinguins em seu habitat natural.

Essa área reservada ao turismo é importante para a preservação da espécie. Todo o caminho é feito através de decks na praia.

Boulder Beach - Cape Town (2)1Boulder Beach (1) Boulder Beach - Cape Town (5)

Além disso, em uma enseada ao lado, ainda na Boulders Beach, é possível usufruir da praia como banhista! Coloque sua canga na areia branquinha, molhe seus pés no mar de vários tons de azul e águas clarinhas (e geladas) e boa praia! Ahhh, nossos amigos pinguis também frequentam as praias e é bem comum dividir o espaço com eles. Mas atenção: respeitem os bichinhos e não deixem lixo na praia!

Boulder Beach - Cape Town (2)Boulder Beach - Cape Town (3)

(hora do parênteses: o estacionamento da região, Seaforth Beach, não é grande! Então, se você estiver de carro, tente chegar cedo!)

  •  Cape Point. Deixando os pinguins curtirem a praia deles, é hora de ir para outro ponto alto da Viagem: O Cabo da Boa Esperança! Por quê esse lugar atrai tanto os turistas? Porque além de uma vista incrível, esse lugar era ponto estratégico das rotas comerciais europeias para o Oriente. Isso mesmo! É lá que podemos ver o encontro dos oceanos Indico e Atlântico. Historicamente falando, é o caminho para as índias descoberto pelos portugueses bem lá antigamente, antes do descobrimento do Brasil.Cape Point - Cabo da Boa Esperança - Cape Town (2)

O Parque Nacional da Península do Cabo também tem toda uma infra-estrutura para atender bem aos turistas. De lá é possível subir o farol e apreciar a vista estonteante. Também é permitido fazer uma trilha até a ponta do Cabo da Boa esperança. Tem lojinha de souvenir e tudo mais. A sinalização é muito boa e o estacionamento é bem amplo. Queria muito ter feito a trilha. Mas chegando lá, vi que eu perderia muito tempo (de novo) e estava um vento MUITO frio. Preferi não arriscar e seguir o passeio conforme estava planejado.Cape Point - Cabo da Boa Esperança - Cape Town (1)Cape Point - Cabo da Boa Esperança - Cape Town (3)

 

Cape Point - Cabo da Boa Esperança - Cape Town (3) Cape Point - Cabo da Boa Esperança - Cape Town (4)

  •  Chapman’s Peak Drive foi o caminho escolhido para voltar para o hotel. É simplesmente uma estrada MUITO bonita que percorre todo o litoral. É de tirar o folego e preciso dizer que isso deveria ser obrigatório para todos os turistas! Rs. Além disso, tem vários mirantes por todo o caminho onde é possível parar para curtir o visual e fazer aquela foto de registro! Anota essa dica aí, gente!

Chapman's Peak Drive

Seguimos até Hount Bay para almoçar e paramos na Marina onde tem um tradional restaurante da cidade. Valeu a pena! E a decoração do lugar é super legal!

Hount Bay - Marina - Cape Town

CONCLUSÕES GERAIS

  • Alugar carro, para mim, é a melhor opção. Dirigir do lado direito não é um bicho de 7 cabeças (rsrsrs)
  • Cape Town, ou Cidade do Cabo é um destino que atende viagens em família, com crianças, com os vovôs e vovós, enfim, tem atração para todas as idades;
  • Caso você prefira não alugar um carro, os passeios turísticos te levam a todos os lugares que vocês quiserem! Basta escolher a melhor opção para você.
  • Impossível não se apaixonar por Cape Town.
  • Quais mais tempo você tiver na cidade, mais você consegue aproveitar. O que não falta é atração para curtir!

Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Onde se hospedar na Cidade do Cabo – Cape Town

2

Cidade do Cabo, ou Cape Town,  é um lugar lindo e cheio de coisa para fazer. Além disso, o transporte público é precário na cidade. Por isso escolher o lugar onde se hospedar pode garantir economia e ganho de tempo. Caso queira investir um pouco mais e ficar em um hotel 5 estrelas bem localizado, te garanto que não irá se arrepender.

Fiquei 4 noites e 3 dias na cidade e experimentei 3 opções de hotéis e hostels para que estivesse próximo das atrações que eu queria conhecer em Cape Town. Afinal, tive pouco tempo para isso.

CENTRO DA CIDADE

Indico essa localização para que busca um pouco mais de agitação e vida noturna em Cape Town. Minha primeira noite foi nessa região e simplesmente AMEI pois estava a poucos passos da Long Street – rua famosa por bares, restaurantes e pubs.

Depois de muito pesquisar, reservei minha hospedagem no 91 Loop. É um hostel SUPER descontraído e confortável. Parecia até mesmo um hotel! Essa escolha se deu, principalmente, pelos comentários que li no Trip Advisor e no Booking.com. Além disso, ele fica a 350m do centro da cidade e do Greenmarket Square (mercado de pulgas famoso na cidade).

Simplesmente amei esse hostel e indico para todos os viajantes que procuram uma hospedagem econômica na Cidade do Cabo (Cape Town). Mas fique atento pois o 91 Loop é um hostel muito procurado e aconselho a fechar com antecedência. É comum ficar esgotado, dependendo da época do ano.

91 Loop - foto retirada do Booking.com 1

* Foto reprodução do Booking.com

 

V&A WATERFRONT

Essa é a área chique de Cape Town. Cercada por hotéis 5 estrelas e de muitas atrações turísticas, se hospedar nessa região exige um investimento maior. Sim, é tudo mais caro nessa região. Fiquei hospedada duas noites no luxuoso Cape Grace Hotel & Spa e tive uma experiência incrível. Atendimento impecável e personalizado, quarto confortabilíssimo, estacionamento privativo e muita área de lazer. A V&A Waterfront é a área portuária da cidade e o hotel que escolhi tinha vista para a Table Mountain e para a marina. Foi incrível essa experiência e super recomendo esse hotel para aqueles que podem investir um pouco mais na hospedagem. Dá uma olhada abaixo na faxada e no vídeo que fiz do quarto!

Cape Grace Hotel & SPA - Cape Town

 

GREEN POINT

Ao fazer minha pesquisa, achei que fosse interessante ficar nessa região devido às coisas que eu queria fazer. Confesso que não achei a melhor ideia do mundo depois não. A sorte, que eu tinha alugado um carro.

Nessa região, passei a minha última noite na cidade. Escolhi o hotel A Sunflower Stop Backpackers pois tinha uma boa pontuação e ótimas referências no Booking.com. O hostel era OK mas não achei nada de extraordinário não. Um ponto negativo é que só tinha banheiro compartilhado, apesar de ter quartos individuais (até existem quartos com banheiro privativo mas não estavam disponíveis na época). Para mim, não funcionou mas dependendo do seu estilo de viagem e interesses na região, pode ser uma boa pedida.

A Sunflower Stop Backpackers  está Localizado entre a Table Mountain (Montanha da Mesa) e a Three Anchor Bay (Baía das Três Âncoras) e fica próximo ao Green Point Common. De acordo com o Booking, a região de Green Point é uma ótima escolha para viajantes interessados em praias, restaurantes e degustações de vinhos.

Caso você tenha mais opções de hospedagem na Cidade do Cabo e queira compartilhar conosco, irei adorar! Será um prazer manter esse post atualizado para ajudar futuros visitantes desse destino maravilhoso!

A Sunflower Stop Backpackers - Foto retirada do Booking.com 2

As fotos dos hostels 91 Loop e Suflower Stop Backpackers foram retiradas de suas respectivas páginas do Booking.com


Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Safári na África do Sul – minha experiência no Mkuzue Falls

0

Ir à África do Sul e não fazer um safari é a mesma coisa que ir à Disney e não ver o Mickey. São várias as opções no país e para escolher o que melhor te agrada, deve-se levar em consideração a estrutura do local e o que ele oferece. Ahhh, não se assunte ao ouvir a expressão game lodge pois é assim que são chamado os safáris na África do Sul. Baseado nisso, pensei em fugir dos locais mais populares e escolhi o Mkuzue Falls.

Mkuzue Falls Game Lodge é um pequeno e privativo hotel-safári cerca de 6 horas de distância de Joannesburg. Fica localizado no coração da histórica Zululand na província sul-africana de KwaZulu-Natal. Fiquei lá por duas noites e três dias, o que foi suficiente para usufruir da infra-estrutura do local e fazer o safari 4 vezes!

COMO CHEGAR

A única forma de chegar no Mkuzue Falls é de carro. O transfer é caro e por isso optei por alugar um carro. Uma coisa que tem que ter em mente é que lá a mão é inglesa, ou seja, o motorista dirige do lado de direito! Estava com medo mas louca para ter essa experiência e não hesitei em alugar o meu carro e ter minha autonomia na viagem.

(Dica para alugar o carro: opte por carro automático pois assim você não precisa passar a marcha. Depois de umas duas horinhas dirigindo – e fazendo pequenas besteirinhas, não vou negar, você se acostuma! Dificil é acertar a porta eu o motorista precisa abrir para entrar no carro hahahaha)

Como eu estava usando o chip de internet internacional, estive conectada o tempo todo e pude usar o gps do celular para ir. Cheguei lá sem problema algum. O sinal estava ótimo o tempo todo! Até durante os safaris, que vou falar daqui a pouco. Essa dica é preciosa! Anota aí.

No meio do Safari o celular pegava!!! Amo a EasySim4u.
No meio do Safari o celular pegava!!! Amo a EasySim4u.

O MKUZUE FALLS

Os hotéis são uma espécie de fazenda no meio do nada, em espaços reservados dentro da mata, ou seja, área reservada dentro dos parques. A vegetação local é a Savana onde nós somos os intrusos e os animais selvagens os donos da parada.

Chegando no local, já é possível ver animais na estrada, como veados, e outros bichos que não sei o nome. Já na recepção, fui recebida por uma taça de vinho espumante e toda uma explicação do funcionamento do local.

Recepcão do Mkuzue Falls e nosso drink de boas vindas.
Recepcão do Mkuzue Falls e nosso drink de boas vindas.

Incluso nas diárias temos: safári, café da manhã, almoço, chá da tarde e jantar. Não se sai do local para nada! Foco do Safari! Hahaha. Mas antes de falar do safari, vamos falar do quarto. LUXOOOOOO!!! Gente…sério, amplo, com um banheiro enorme, banheira e uma piscina/ jacuzzi na área externa! Ahhh, o chuveiro também fica na área externa e todos os chalés oferecem total privacidade.

Almoço na área externa do lodge...que visual incrível!
Almoço na área externa do lodge…que visual incrível!

Vista da varanda do meu quarto-chale
Vista da varanda do meu quarto-chale

Quarto MARA do Mkuzue Falls que eu fiquei.
Quarto MARA do Mkuzue Falls que eu fiquei.

E esse banheiro...
E esse banheiro…

Piscina- Jacuzi do meu quarto!
Piscina- Jacuzi do meu quarto!

Dentro dos quartos, também tem um aviso para tomar cuidado e alguns apetrechos de segurança e conforto. Lembre-se, estamos no meio da selva e nós somos os intrusos da parada. Não existe iluminação externa por conta dos bichos e em pról da conservação ambiental. Laternas, repelente e guarda-chuva são itens que todos os quartos tinham.

(parênteses para o medo: a pessoa ve o leão é fica louca querendo fazer carinho na juba. Ve a girafa e já quer conversar com a amiga. Mas quando eu vi uma aranha grande e peluda e um escorpião no quarto, quase tive um ataque histérico e precisei chamar a equipe do hotel para me salvar hahahahaha)

Quanto ao safari, eles ocorrem duas vezes ao dia: de manhã mega cedo (amanhecendo mesmo) e no final de tarde (um pouco antes do anoitecer). Isso porque nesses horários é mais provável encontrar os animais que tanto queremos ver. Mas se liga, é provável mas nem sempre é possível. Afinal, o safári nada mais é do que ir atrás dos bichos em seu habitat… e torcer para vermos a maior quantidade possível!

O SAFARI

No Mkuzue Falls, o safari é feito em carro aberto. Era isso que eu queria pois vi outras opções onde os carros eram fechados e acredito que não dê a mesma sensação de safari. Fizemos o Safari 4 vezes: na tarde que chegamos, nos dois períodos do dia seguinte e na manhã que fomos embora. Assim como todos as pessoas que procuram essa atividade, queríamos ver o máximo de animais possíveis, incluindo o chamado big five da África do Sul.

Nosso carro e uma paradinha estratégica no meio da selva!
Nosso carro e uma paradinha estratégica no meio da selva!

No meio do Safari o celular pegava!!! Amo a EasySim4u.
No meio do Safari o celular pegava!!! Amo a EasySim4u.

(Segundo parentes é dedicado a explicar o que é o big five. Trata-se dos 5 animais mais perigosos: búfalo, elefante, leão, rinoceronte e o leopardo. Acredite, nem todo mundo consegue ver todos eles e por isso é aconselhável ficar uns dias nos game lodges para ter várias tentativas. Agora imaginem a emoção de fotografar esses bichos em seu habitat natural??? É demaissss!)

É importante dizer que ao chegar no local, durante seu check in, você assina um termo de responsabilidade ciente do risco de estar no meio da reserva com animais selvagens. Até mesmo antes de começar o safári, os guias dão uma introdução e falam das regras. As principais são: jamais saia do carro sem autorização dos guias; Não pode colocar nem uma parte do corpo para fotografar ou tentar encostar nos bichos; caso algum bicho se aproxime demais de você, fique imóvel; máquinas fotográficas sem barulho! É muita adrenalina gente! É algo indescritível de maravilhoso! E podem ter certeza, não dá medo!

Tem animais que você toda hora mas outros que são difíceis de ver. Elefante e girafa, apareceram de monte, em todos os momentos que fizemos. Agora, o tão procurado leopardo, foi difícil! Só vimos na nossa última tentativa e nem deu tempo de tirar foto boa! Mas foi incrível mesmo assim!

Rinoceronte e seu baby... lindoooo! Vale lembrar que esse animal faz parte do big 5.
Rinoceronte e seu baby… lindoooo! Vale lembrar que esse animal faz parte do big 5.

Ela é linda de perto!!!! Muito diferente de quando vemos em um zoológico qualquer.
Ela é linda de perto!!!! Muito diferente de quando vemos em um zoológico qualquer.

O rei bem no meio do nosso caminho...
O rei bem no meio do nosso caminho…

A foto está ruim mas foi tão rápido que esse leopardo passou por nós que não tivemos como ter um registro melhor.

A foto está ruim mas foi tão rápido que esse leopardo passou por nós que não tivemos como ter um registro melhor.

Os grandões também nos prestigiaram!
Os grandões também nos prestigiaram!

Um dos big 5 mais esperados - o búfalo!
Um dos big 5 mais esperados – o búfalo!

Safari Africa do Sul - Mkzue Falls (2)

Acho que vi um gatinho!
Acho que vi um gatinho!

RESUMO

Eu amei minha experiência e super indico esse game lodge. Mkuzue falls superou minhas expectativas. E continuo afirmando que: todo mundo deve ter uma experiência como essa em algum momento da vida. É algo emocionante demais!


Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

13 horas em Dubai (incluindo a mesquita de Abu Dhabi!)

0

Fui para Dubai à trabalho e, como sabia que só teria 13 horas livres para curtir a cidade, já tratei de ver como fazer esse tempo se tornar proveitoso. Pesquisei sites de pessoas que aproveitaram suas conexões na cidade, opiniões de blogueiros que já haviam feito suas viagens para esse emirado, e pronto: tracei minha estratégia de acordo com o meu perfil de viagem.

Sou do tipo de viajante que prefere conhecer um pouco de tudo quando se tem pouco tempo. O desafio era fazer isso da melhor forma possível. Comecei listando as coisas que queria muito fazer e lugares que gostaria de conhecer. Depois, corri atrás de um contato que fizesse esse passeio de carro comigo para que eu pudesse aproveitar melhor o tempo. E não é que deu certo!?

Estava hospedada no hotel Atlantis The Palm (falei disso no post anterior) e comecei minha jornada de passeio às 7h30 da manhã com um belo mergulho revitalizante no mar do Golfo Pérsico. Esse hotel fica localizado em uma das ilhas artificiais chamada Palm Jumeirah. Água quentinha, calma e transparente para começar o dia! 🙂

Atlantis Palm - praia (1)

Depois, fui até Abu Dhabi!!!! Simmmmm…  é muito pouco tempo para conhecer os dois emirados mas como meu foco era a conhecer a grande mesquita – Sheikh Zayed Grand Mosque, não hesitei. Um casal de amigos me recomendou um motorista brasileiro e marquei com ele as 9h da manhã no hotel. A distância entre Dubai e Abu Dhabi é de cerca de 1 hora apenas e não sou do tipo que ficaria hooooras dentro de uma atração. Então, lá fui eu!

Mesquita de Abu Dhabi (8)

 

Mesquita de Abu Dhabi (11)

 

Mesquita de Abu Dhabi (9)

Ao combinar o passeio com o motorista, perguntei sobre algumas regras d local, já que estávamos em um país muçulmano com uma cultura totalmente diferente da nossa cultura ocidental. Para começar, estava um calor MUITO grande e ele me recomendou que, mesmo assim, eu fosse com braços e pernas cobertos pois em Abu Dhabi eles são muito mais severos com os costumes e eu ainda iria visitar um templo religioso super tradicional da região. Coloquei uma saia longa, uma camiseta regata com uma outra blusa por cima e pronto! Engano meu! Chegando lá, tive que vestir uma espécie de camisolão com capuz para que pudesse visitar o local. A entrada é gratuita, mas eles são super severos em relação à vestimenta.

Mesquita de Abu Dhabi (1)

Fiquei lá dentro por cerca de uma hora… conhecendo a arquitetura, um pouco dos costumes dos fiéis… foi incrível! Aliás, uma dica importante para que gosta de tirar fotos posadas como eu: a segurança local não permite tirar fotos fazendo poses. Eles alegam um desrespeito com a crença e os fiéis.

Saindo de lá, aproveitamos para passar no famoso hotel Emirates Palace. A entrada não é permitida tão facilmente e, por isso, vimos só de fora. Já foi o suficiente para ver a magnitude do local e tentar imaginar como ele é por dentro.

Voltando para Dubai, enquanto fazíamos o caminho para o local que escolhemos para almoçar, o nosso motorista (e guia) foi nos contando um pouco a história dos locais por onde passávamos. Com isso, já deu para conhecer mais um pouco dessa cidade incrível que é Dubai.

O local que escolhi para almoçar foi Madinat Jumeirah, é um complexo que imita uma cidade árabe, com restaurantes, o famoso souk Madinat Jumeirah, lojinhas, bares e um belo canal artificial. Parecia até Veneza genthy! Hahaha

dUBAI

 

Dubai - Madinat Jumeirah (6)

 

Dubai - Madinat Jumeirah (3)

 

Dubai - Madinat Jumeirah (4)

Depois do almoço, fui passear pelo calçadão da praia e ter a vista nos prédios imensos de Dubai. Fiz hora enquanto o motorista também almoçava e tirava um tempinho pra ele – fez parte da negociação. 😉

Calçadão praia - Dubai (2)

Daí ele me levou para ver o Burj Al Arab de longe pois eu não teria tempo de entrar e conhecer esse que é considerado o mais luxuoso do mundo, com 7 estrelas! Aliás, tinha que pagar para entrar e conhecer e preferi economizar e ganhar tempo para conhecer outros lugares também.

Fomos até um píer que dá acesso a um bar para ver o pôr-do-sol e de lá consegui um ângulo incrível do Burg Al Arab e da praia!

dUBAI-001

Depois da minha sessão de fotos, segui para o bar no final do píer chamado 360. Boa música, bons drinks e uma vista de tirar o fôlego! Já coloca aí na sua listinha pois vale a pena!

Bar 360 - Dubai

Chegou a hora de seguir passeio e conhecer mais um lugar estratégico e famoso: o maior shopping de Dubai – chamado Dubai Mall. É lá que fica o maior aquário de Dubai, a entrada para a torre do maior prédio de Dubai – Burj Khalifa, e o show de águas que nos faz lembrar Las Vegas. Como meu tempo era curto, também não subi na torre pois era preciso comprar com antecedência o ingresso para garantir o lugar na fila. Não me importei, fiquei admirando lá debaixo mesmo enquanto aguardava o festival das águas.

dUBAI-002

 

Burg Khalifa

 

Show das águas - Dubai Mall

Depois disso, fiz um rápido passeio pelo shopping e voltei para o hotel. Afinal, tinha mala para arrumar e um voo para pegar para o Brasil!

Viu só como é possível conhecer um pouco da cidade mesmo quando se tem pouco tempo??? Fiquei MUITO feliz e satisfeita com o que fiz e saciou minha curiosidade e vontade de conhecer Dubai.

Espero que tenham gostado e que essas dicam sejam úteis caso você tenha pouquíssimo tempo em Dubai, como eu!

Beijão!


Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Atlantis The Palm – hospedagem em Dubai

0
Fachada do hotel - vista praia. Crédito da foto: Tiago Palito

Dubai é chique. É imponente. É tudo grande! E assim é o hotel Atlantis The Palm em Dubai. Ótimo custo benefício, visto que tem atrações incríveis dentro dele. Essas atrações são abertas ao público, mas hóspede tem desconto ou até mesmo está incluído na hospedagem. Esse 5 estrelas é ou não é uma tentação?

Atlantis the Palm - google maps

 

Atlantis the Palm - google maps 2

Inaugurado em setembro de 2008, O Atlantis The Palm está em uma área de 46 hectares, sendo 17 deles somente para o parque aquático. Como o hotel fica na famosa palmeira de Dubai, chamada de The Palm Jumeirah, temos praia dos dois lados! E praias lindíssimas que são colírios para os olhos. São três entradas:

Dubai - Atlantis The Palm

Praia na frente da entrada - Atlantis The Palm Dubai

  • Nasimi Beach/ Asateer – ontem fica o estacionamento, o heliponto o restaurante chamado Asateer;
  • Hotel Reception/ Grand Lobby/ Valet Parking – é a entrada principal do hotel.
  • The Avenues/ Restaurants – local onde você sai mais perto dos restaurants e shopping do hotel.

Uma dica para se localizar no hotel: o lobby fica no meio do completo. De um lado, encontra-se uma grande infra-estrutura para eventos. Isso mesmo, o hotel possui um enorme centro de convenções. Do outro lado, ficam as atrações, restaurantes e lojas. Desta forma, não será muito difícil andar pelo hotel, acredite em mim!

Vamos aos detalhes:

COMO CHEGAR

O mais comum é o uso de carro, taxi ou uber. Por incrível que pareça, os preços não são tão caros assim. Mas o hotel também possui uma estação de monorail chamada Atlantis Monorail Station. Caso opte por alugar um carro, também vale super a pena!

OS QUARTOS

Como em todo hotel, existem várias categorias. Fiquei hospedada no quarto normal e já achei um luxo!!! Os quartos são amplos, chiques e mega confortáveis. Todo equipadinho! Olha essa vista!!!

Atlantis The Palm - Varanda quarto normal

Destaque para o banheiro (bafônico) com uma super banheira e espuma de banho! Impossível não relaxar, né gente??? Banheiro Atlantis The Palm

Tem também os quartos mais tops e maiores ainda – as suítes!. Consegui entrar em um para tirar fotos e mostrar para vocês como eles são.

Atlantis - The Palm Dubai-001Atlantis - The Palm Dubai-002

E aí, gostaram?? Agora é só entrar no site e fazer sua reserva! 🙂

CAFÉ DA MANHÃ

Meus Deus! Sim… é uma perdição! O buffet possui várias ilhas para todos os gostos, sempre respeitando a nacionalidade de seus hóspedes. Tinha até uma sessão Gluten Free, sem contar na diversidade de pães, frutas, sucos, estações quentes, e muito mais!

Café da manha - Atlantis The Palm Dubai (1)Café da manha - Atlantis The Palm Dubai (4)Café da manha - Atlantis The Palm Dubai (5)

ATRAÇÕES

  • Parque aquático

O premiado parque aquático chamado Aquaventure Waterpark é uma atração para toda a família. Em um dia você conhece o parque todo mas pode ser que precise de mais de um dia para usufruir de todas as atrações. Lá você pode alimentar arraias, mergulhar com tubarões, ver golfinhos, se aventurar em uma tirolesa ou apenas relaxar em vários pontos com uma ótima infra-estrutura. Dica: adquirindo o ingresso com antecedência, você pode conseguir preços promocionais! Atenção ao tipo de ingresso que você vai adquirir pois o parque tem atrações pagas à parte. Mas se você estiver hospedado no hotel, o Atlantis oferece entradas ilimitadas como cortesia! Mas para alguma atração específica, ainda é cobrado.

Atlantis - The Palm Dubai

  • Spa

Como qualquer 5 estrelas que se preze, é claro que o Atlantis The Palm possui um mega ultra blaster spa – ShuiQi Spa! Consegui entrar para conhecer e mostrar para vocês um pouco dele. O cardápio de massagens e tratamentos é bem atrativo e diversificado. Reserve um tempo para esse seu momento.

Spa - Atlantis The Palm Dubai (1)Spa - Atlantis The Palm Dubai (5)

  • Aquário

The Lost Chambers é o nome dessa belezura. Andando pelo hotel, já é possível ver uma parte do aquário e sua linda vida marinha.

Dica: adquirindo o ingresso com antecedência, você pode conseguir preços promocionais! Atenção ao tipo de ingresso que você vai adquirir pois o parque tem atrações pagas à parte. Mas se você estiver hospedado no hotel, o Atlantis oferece entradas ilimitadas como cortesia! Mas para alguma atração específica, ainda é cobrado.

Aquario Dubai - Atlantis The Palm

  • Piscina

São duas piscinas no hotel. Uma chamada Royal Pool que fica bem na frente do lobby do hotel. A outra se chama Zero Entry Pool e fica na direção do centro de convenções. Ambas possuem uma infra-estrutura maravilhosa que permite ao hóspede todo o conforto durante sua estadia.

Dubai - piscina principal Atlantis The Palm Dubai - piscina Atlantis Palm - Centro de Convencoes

  • Praia

Háaaaaaa, e não é que a praia é deliciosa! E privada! Ao longo da extensão do hotel, as praias são chamadas de Nasimi Beach (direção do centro de convenções) e Royal Beach (em frente ao lobby principal). A temperatura do mar é perfeita e as águas super calmas e transparentes. Além disso, em toda a praia possui estrutura de mesas e cadeiras, espreguiçadeiras, barracas, quadra de volley, mesa de ping pong, fotebol de areia e muito mais! Dessa praia se avista o monorail chegando no hotel.

Atlantis Palm - praia (2) Atlantis Palm - praia (1) Praia - Dubai Atlantis The Palm

  • Restaurantes

É nesse hotel que fica uma grande coleção de restaurantes premiados e renomados mundialmente. Cada dia experimentava um. Os preços são bem variados e o cardápio mais ainda. Mas atenção aos horários de funcionamento, ok?! As atrações e restaurantes não ficam abertos até tarde e o hotel não possui um sistema de room service 24 horas. Então se organize para não ficar com fome.

Restaurantes - Atlantis The Palm Dubai Nasimi Beach - restaurante Atlantis Palm Dubai (2) Nasimi Beach - restaurante Atlantis Palm Dubai (1)

  • Shopping

Claro que no Atlantis você encontra lojas para todos os gostos (e bolsos). Então já sabe: precisou comprar aquele item que esqueceu de colocar na bagagem ou aquele presente para sua família?? Não se desespere porque lá você encontra! 🙂

Espero que tenham gostado da dica e que aproveitem muito sua estadia em Dubai! Quero saber o que vocês acharam!


Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

=> Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

=> Fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

=> Dependendo do lugar é sempre melhor contratar um passeio não é? Sempre que fazemos isso, usamos o Get Your Guide pois confiamos e sempre deu certo! Afinal, quando estamos de férias, precisamos que tudo saia como planejamos, né? Vai viajar?? Clique aqui para escolher seus passeios! Usando esse link, você terá todas as infos que precisa e assistência para tirar duvidas ou resolver problemas. Ahhh, e claro, você ajuda o Blog a realizar esse trabalho que tanto gostamos!

=> Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

=> A EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo que o BSV tem para mostrar para você!

Facebook

Instagram

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Black Friday é aqui! Aproveite e boa viagem

0

Se tem uma coisa que o Blog Só Viagem gosta é de desconto!! E quem não gosta, né??? Por isso, selecionamos aqui links de nossos parceiros com ofertas Imperdíveis nessa Black Friday! Vai perder???? Corre e já organiza a sua viagem economizando com essas promoções!!!!

=> HOSPEDAGEM

Nosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. O melhor é que os descontos podem ser de 40% ou até maiores! Mas vale lembrar que são para algumas hospedagens até dia 31/03. Dica: Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

=> ALUGUEL DE CARRO

Que tal alugar carro mais barato ainda do que o normal!? Muitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós e ainda está com super descontos nessa black friday!!!. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

rentcarscom-blackfriday-2018-300x250px

=> SEGURO VIAGEM

Impossível viajar sem seguro hoje em dia! Até porque vários países exigem isso! e é claro que nessa Black Friday, nosso parceiro Seguros Promo não ia ficar de fora e está com um mega desconto!!!!  Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Seguros Promo, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento à vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila. Ahhh, mas se liga que para conseguir 20% é preciso usar o cupom BFRIDAY na hora de efetuar a compra! Essa promoção vale até dia 25 de novembro!!!!! correeeee!

seguro.viagem

=> CHIP DE CELULAR

E o nosso queridinho também está com promoção nessa Black friday!!! EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior e está dando 40% de desconto! Genthcyyyyy, morri!! É isso mesmo! Mas se liga: Para conseguir esse desconto, é preciso digitar o código BLACKSTAGE no campo cupom e clicar em apply cupom. Vale lembrar, que o atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa à sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.

Chip - Black_Friday_2018

=> PASSAGEM AÉREA

Passagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Mas aqui no nosso parceiro é fácil e ainda tem desconto da Black Friday!!!! Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

E aí gente, com tanto desconto, tenho certeza que sua próxima viagem será mais econômica e mais deliciosa ainda! Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

Boas compras e boa viagem!