Cuba: como organizar sua viagem

0
321

Colaboração de Erika Casal e Renata Paladino

Decidimos ir para Cuba quando achamos uma mega promoção de passagem. No entanto, não sabíamos o que esperávamos. Com isso, contamos nesse post nossas dificuldades e aprendizado. Achamos que pode ajudá-lo no seu planejamento. 😉

Documentação/ Visto:

O visto para Cuba é bem tranquilo. É possível pagar o visto diretamente à companhia aérea no aeroporto de embarque mediante pagamento da taxa de US$ 20. Como viajamos pela Copa Airlines, fizemos esse procedimento na hora do check-in no Rio de Janeiro. Pagamos em Real porque ouvimos informações diferentes dos atendentes no aeroporto (rsrs).  Vá com o dinheiro certinho, pois eles não têm troco e não aceitam cartão de crédito e nem débito para isso.

ATENÇÃO:

  • Verificar sempre com a companhia aérea escolhida qual o procedimento para adquirir esse visto. Nem todas funcionam da mesma forma, sendo muitas vezes necessário até solicitar através de embaixada. #ficaadica 😉
  • Não necessariamente é preciso comprar o visto na cidade de embarque. Caso seu voo tenha conexão, pode-se adquiri-lo lá também. Mas sei lá né… não custa comprar logo no seu país de origem.

O que se tem não é um visto colado no passaporte como de costume em vários países como os EUA, por exemplo. Trata-se de uma “tarjeta de turista” de duas vias. É necessário o preenchimento manual onde a primeira via é destacada na entrada do país e a segunda, entregue na saída.

Passaporte -  Visto Cuba
Passaporte – Visto Cuba

Quando estávamos combinando essa viagem, encontramos algumas dificuldades em reservar hospedagem, já que sites como Booking.com, Skyscanner e Hostelbookers não oferecem muitas opções ou até nenhuma.

Em Cuba existem duas empresas muito fortes que trabalham com turismo. São elas: Cubatur e Havanatur. Bem criativo né?! Rsrs. Quando você tenta fazer reservas por agências aqui do Brasil, elas entram em contato com essas empresas para confirmar as reservas. Como a internet lá é péssima, às vezes esperávamos dois dias só para ter uma resposta deles e recebíamos com tarifas acima do que esperávamos gastar. Aí reservamos somente a hospedagem da primeira noite, voos de ida e volta para Cayo Largo e transfer.

Internet:

Internet em Cuba é um problema pois o governo não liberou o uso no país. Hotéis e alguns restaurantes, apenas, tem essa permissão. Com isso, é possível comprar horas de acesso em alguns hotéis mesmo que você não esteja hospedado neles depois de muita insistência. Vale ressaltar que a conexão é super lenta! É caro: 2 CUCs por 1h, mas não é necessário usar os 60 minutos no mesmo dia.

Moeda:

Esqueça o cartão de crédito. Para trocar Dólares é cobrada uma taxa a mais, portanto, recomendamos levar Euros. Você troca seus Euros por CUC’s nas “Cadecas”, que são as casas de câmbio. Não se preocupe pois estão por todo lado e todas pagam o mesmo valor do câmbio do dia. E claro, dá para trocar dinheiro no hotel, mas eles cobram mais. Quando estávamos em Cuba, a relação do CUC para o Dólar ou Euro era quase de 1×1.

Existe outra moeda em Cuba, o Peso Nacional, conhecido como CUP (leia-se CÚP mesmo). Esse dinheiro normalmente é usado somente por cubanos, mas é permitido aos turistas também até por que nos ônibus da cidade só é permitido pagamento em CUP. 1 CUP equivale a 24,364 CUC (valor estimado durante a nossa viagem em novembro 2015) e também pode ser trocado em casas de câmbio.

Transporte público:

  • Ônibus: É muito tranquilo rodar de ônibus de linha em Havana. É barato (lembrando que tem que trocar CUC por CUP. O preço da tarifa é de 0,40CUP) e seguro. Não esquecer do horário de rush onde a lotação é quase inevitável.
Ônibus em Havana
Ônibus em Havana

Muita atenção com os taxis. É fácil conseguir um porém negocie o preço antes de entrar no carro. Pechinchar é sempre uma boa dica.

  • Táxi coletivo (lá chamado de Almendrón):  trata-se da famosa “lotada” do Brasil rsrs. O valor é bem barato – 1,50 CUC`s. São os famosos carros antigos de Cuba, bem no estilo Chevrolet anos 50.
  • Coco táxi: digamos que é um tuktuk em formato de coco, com um condutor que carrega de 2 até 3 pessoas. Vale a pena conhecer esse meio de transporte e, claro, negociar preço!

Outras informações:

  • Cuidado ao pedir informação na rua. Os cubanos grudam em você tentando arrancar gorjeta por qualquer informação.
  • Havana é seguro mas atenção na área conhecida como Havana Velha onde os batedores de carteira “fazem a festa”.
  • Mulheres sozinhas são assediadas pelos cubanos. Mas calma! Falamos de cantadas! J
  • Mapas do local não são dados em nenhum ponto turístico ou qualquer serviço de informação ao turista. É necessário comprar um mapa para não se perder. Lembre-se: não tem internet em Cuba e não adianta querer usar o próprio GPS.
GPS em Cuba
GPS em Cuba

bandeira de CubaEspero que essas informações sejam úteis. Aguardem o próximo post onde contamos nossas aventuras pela ilha de Fidel.

Beijos!


Fechando sua viagem através dos links dos parceiros disponibilizados no nosso site, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o blog. Todos os nossos afiliados foram testados antes de recomendarmos e usamos o serviço deles sempre em nossas viagens. 😉

HospedagemNosso parceiro Booking.com possui hospedagem em todo o mundo e ainda é possível comparar os preços e localização. Sempre leve em consideração, também, a avaliação feita por alguns hospedes. Afinal, é sempre bom ouvir a opinião de pessoas que já tiveram a experiência, né?! O Booking também possui opção de cancelamento gratuito e de pagamento direto no check-in.

carroMuitas vezes, alugar um carro é uma necessidade, né?! Mas antes de qualquer coisa, é muito importante comparar os preços das locadoras. Nosso parceiro RentCars faz isso por nós. De forma rápida e segura, eles comparam todos os preços e ainda cobram em Reais, sem cobrança de IOF! Se precisar, pode pagar dividir o pagamento no cartão de crédito ou conseguir um desconto para pagamentos à vista, através do boleto bancário. Clique aqui e compare os preços.

seguro viagemFundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional, o seguro viagem é indispensável para garantir a tranquilidade durante a viagem. Para conseguir a melhor tarifa entre as seguradoras do mercado, nossa parceira Real Seguro Viagem, faz essa comparação online e consegue as melhores tarifas. Também aceita pagamento parcelado no cartão de crédito ou consegue desconto para pagamento ã vista, no boleto bancário. Escolha o plano que melhor se encaixa nas suas necessidades e garanta uma viagem tranquila.

AviaoPassagem aérea é sempre um desafio pois os preços oscilam muito rápido e as vezes temos problemas para entender o site das companhias aéreas por estarem em outro idioma. Gostamos muito do Viajanet e fechamos uma parceria com eles. Além de pesquisar as melhores tarifas do mercado, comprando pelo site do Viajanet você tem toda a assistência que precisar de forma rápida e em português!

SimCardA EasySim4U é nosso parceiro testado e aprovado de chips no exterior. Atendimento de confiança e em português. Nada melhor que chegar no destino já com o seu chip em mãos e funcionando, né!? Clique aqui e veja o plano que melhor se adequa a sua necessidade e já efetue a compra online mesmo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.